COFFITO lança consulta pública para atualização do Rol de Procedimentos da ANS

ConsultaPublicaFinal

A cada dois anos a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) disponibiliza à sociedade espaço para contribuição na atualização do Rol de Procedimentos. O COFFITO, por meio da Comissão Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos (CNPF), com base nos critérios estabelecidos pela ANS e levando em consideração o RNPF e a TUSS, envia à Agência sugestões de procedimentos que poderiam ser contemplados em benefício tanto da sociedade quanto do profissional.  Neste ano, o COFFITO, além de contar com apoio das entidades associativas, solicita também a contribuição dos fisioterapeutas para, assim, apresentar um documento mais consolidado. Clique aqui e responda ao questionário até o dia 11 de abril.

Entenda

Embora as contribuições enviadas para a ANS tenham caráter consultivo e, portanto, sem obrigatoriedade, o Sistema COFFITO/CREFITOs sempre envia colaborações, a fim de assegurar os direitos das profissões e da sociedade.

O ciclo de atualização do Rol se inicia com ato de deliberação da Diretoria Colegiada da ANS (DICOL), que define um cronograma, fixando prazo para apresentação das propostas de atualização, mediante o preenchimento do formulário eletrônico FormRol.

Compete à ANS http://viagra-onlines.net/ realizar a análise técnica das propostas elegíveis, isto é, as que cumprirem todos os requisitos de informação dispostos no art. 9 da RN 439/2018. Após a etapa de análise técnica, as propostas serão submetidas à Consulta Pública, subsidiando as decisões sobre as atualizações do Rol.

Faça parte!

É simples: com um pouco da sua atenção é possível melhorar a oferta de serviços de Fisioterapia. Para que as contribuições sejam efetivas, elas devem obedecer aos critérios estabelecidos pela ANS, disponíveis no Tutorial e no FormRol.

Critérios de Elegibilidade:

Identificação do proponente
Identificação do tipo de proposta
Descrição da Tecnologia
Delimitação da população-alvo
Descrição do problema de saúde
Tecnologia alternativa
Benefícios clínicos em saúde
Registro na ANVISA
Comprovação da tecnologia em tabela própria ou TUSS
Capacidade técnica instalada
Avaliação econômica
Análise de impacto orçamentário
Parecer técnico-científico ou revisão sistemática
Textos completos de artigos
Referências bibliográficas

Fonte: COFFITO