Conselhos discutem inclusão da prevenção nos serviços oferecidos pelos Planos de Saúde

IMG_3272

O presidente do Crefito5 participou na tarde de ontem, (20/07), da reunião da Câmara da Saúde do Fórum RS que discutiu a inclusão das profissões “não médicas” da área da saúde nos serviços oferecidos pelas operadoras de planos de saúde.

Durante a reunião, foi ressaltada a importância de se contemplar nos serviços oferecidos pela população, tanto pela saúde suplementar quanto pelo SUS, serviços focados na prevenção de doenças, na promoção da saúde.

O presidente do Crefito5, Fernando Prati, falou sobre a necessidade, não só da população como do poder público, de ouvir a opinião de outros profissionais para tomar decisões que podem impactar diretamente na saúde do paciente. “O nosso papel, enquanto Conselho, é sensibilizar o poder público e municiá-lo de informações para seja possível compreender como as profissões podem cooperar em cada caso”, completou.

O defensor público Enir Madruga, falou sobre os processos existentes na Defensoria que são relacionados à saúde e confirmou a necessidade de uma parceria entre os poderes públicos e os Conselhos. “É preciso que os Conselhos e os profissionais mostrem para o poder público e para as operadoras qual é, exatamente, o seu papel na saúde primária, secundária e/ou terciária, para que se possa discutir essa inclusão”, afirmou.

Sobre o modelo atual exercido pelos planos de saúde, o representante da Cassi RS, Everton E. N. da Silva, ressaltou da importância de definir um novo modelo assistencial e regulatório para que se possa melhorar a assistência oferecida.

Participaram do debate ainda os Conselhos regionais de Nutricionistas, Educação Física, Farmácia, Enfermagem, Psicologia e Biomedicina.