Crefito5 participa de audiência no Ministério Público

MPRS

Atendendo ao pedido do Ministério Público, o Crefito5, representado pela Assessoria Jurídica e por seu Departamento de Fiscalização, esteve presente em reunião na tarde desta quarta-feira (02/07) para esclarecer alguns tópicos da RDC7, a fim de dar continuidade à denúncia encaminhada ao MP.

Após a fiscalização dos hospitais de Porto Alegre, foi constatado que em nenhum dos estabelecimentos a resolução está sendo cumprida.

Publicada pela Anvisa em fevereiro de 2010, a RDC7 dispõe sobre os padrões mínimos para funcionamento das Unidades de Terapia Intensiva, trazendo como principais alterações à Fisioterapia e à Terapia Ocupacional as seguintes determinações:

- No mínimo um fisioterapeuta para cada dez leitos;

- UTIs com profissionais para atendimento exclusivo de fisioterapia nos três turnos, inclusive nos finais de semana, totalizando 18 horas diárias de atuação;

- Fisioterapeuta coordenador com título de especialidade em terapia intensiva ou área afim, reconhecido pelo COFFITO;

- Assistência de um terapeuta ocupacional na UTI adulta e pediátrica.