Crefito5 participa de Audiência Pública

10364206_805029422920189_3947075850934605788_n

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região, esteve presente nesta quarta-feira (4/3), na Audiência Pública sobre a atual crise financeira das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos diante da redução dos recursos determinada pelo governo. O presidente do Crefito5, Fernando Prati, foi convidado a compor a mesa do evento.
O Teatro Dante Barone ficou lotado com a participação de representantes de entidades hospitalares filantrópicas, funcionários do setor e secretários municipais de Saúde, no evento promovido pela Frente Parlamentar de apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. A Frente é coordenada pelo 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ronaldo Santini. A audiência contou com a participação do secretário de Estado da Saúde, João Gabbardo.
Edson Brum expressou a disposição do parlamento gaúcho em ajudar a abrir portas para negociações junto aos governos estadual e federal. “Não estamos tratando de doenças, mas de vida, e é fundamental a Assembleia Legislativa participar da busca de soluções”, avaliou. O presidente da Frente Parlamentar, deputado Ronaldo Santini, ressaltou que as dificuldades financeiras do Estado e País são conhecidas, mas que não podem faltar recursos para uma área essencial à sociedade.
As principais reivindicações das entidades filantrópicas – as quais, conforme o deputado Luís Augusto Lara anunciou durante o encontro, já foram encaminhadas ao governo do Estado através do chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi – são a destinação de mais R$ 40 milhões por mês pelo governo do Estado para que a Secretaria Estadual de Saúde mantenha os contratos firmados com os hospitais nos mesmos patamares de 2014 e o pagamento imediato de R$ 25 milhões, relativos ao cofinanciamento do sistema no mês de janeiro deste ano. Além disso, as entidades pleiteiam a solução para dívidas por serviços prestados em outubro e novembro do ano passado, cujo montante chega a R$ 132,6 milhões. Também, a definição de um calendário de pagamento por parte do governo do Estado.
Ao final da audiência, o líder do governo na Assembleia, deputado Alexandre Postal, ressaltou a importância de uma reunião com o governador Sartori na próxima semana. “É fundamental que haja este encontro, que sejam alcançadas soluções. Este não deve ser um debate político, com a busca deste ou daquele culpado. Vamos olhar para frente, vamos pensar naqueles que precisam de atendimento na área da saúde”, frisou.

Fonte: Assembléia Legislativa