Crefito5 pede mais segurança na rodoviária de Porto Alegre

IMG_2504

Na última sexta-feira, 27 de fevereiro, o Crefito5 convidou a sociedade para participar de uma manifestação pacífica para pedir mais segurança na rodoviária de Porto Alegre, local onde o fisioterapeuta Rodrigo Schmidt da Rosa, de 32 anos, foi sequestrado e brutalmente assassinado.

Profissionais, professores, estudantes, amigos de Rodrigo, conselheiros e funcionários do Crefito5 se reuniram para mobilizar as pessoas que circulavam no local sobre a importância de buscar mais segurança para a Rodoviária de Porto Alegre, onde circulam milhares de pessoas diariamente.

Os presentes distribuíram panfletos e adesivos que explicavam porque estavam ali e receberam apoio de algumas pessoas que concordaram com a manifestação.

“É muito importante que mostremos para a sociedade a nossa indignação, não só pela morte do Rodrigo, mas pela sensação de insegurança que nos assombra. A violência tira a vida de pessoas todos os dias e nós, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e sociedade como um todo, não podemos ficar de braços cruzados”, afirmou a diretora secretária do Crefito5, Lenise Hetzel.