Crefito5 se reuniu com profissionais de Camaquã

Camaquã

Os profissionais de Camaquã receberam nos dias 20 e 21 de maio o presidente do Crefito5, Fernando Prati, a vice presidente, Lenise Hetzel, o assessor jurídico, Leomar Lavratti, e o representante da Comissão de Interiorização, Betinho Fernandes.

No dia 20 aconteceu o Bate Papo com o Crefito5. Durante o encontro, foi discutido um assunto de muita repercussão, o assédio moral e sexual. O local escolhido para receber o evento foi o restaurante La Campanã.

Já no dia 21, os profissionais foram recebidos no Senac para conhecer mais sobre o Crefito5 e as ações desenvolvidas pelo Conselho em prol dos direitos de todos os profissionais. O evento teve como pauta a apresentação do Crefito5, suas finalidades e objetivos, as ações de trabalho desenvolvidas, os eventos como o Acolhimento ao Jovem Profissional e o Curso de Capacitação Profissional e apresentação do vídeo institucional.

Outros assuntos abordados foram as questões referentes aos contratos com as operadoras de saúde, o referencial de honorários fisioterapêuticos e terapêuticos ocupacionais, as novas regras para os estágios curriculares e não curriculares além de outros assuntos pertinentes Pa realidade de trabalho enfrentada pelos profissionais da cidade e da região.

O presidente do Crefito5, Fernando Prati, falou sobre a importância da autovalorização e da autonomia profissional. “Nós, profissionais, precisamos saber que temos um valor mínimo que pode ser cobrado e que esse valor deve ser respeitado por todos. Só assim vamos garantir uma remuneração justa, que é o que todos buscam”, afirmou.

Alguns profissionais trouxeram dúvidas sobre a jornada de trabalho de 30 horas semanais, o trabalho do sindicato, as normativas da ANS em vigor, a importância de ter a evolução dos pacientes em prontuário, a possibilidade de solicitação de exames, a prescrição e a emissão de atestados, entre outras, que foram prontamente esclarecidas pela equipe presente.

Lorane Zenker é terapeuta ocupacional, trabalha na APAE de Camaquã há 15 anos e falou sobre os eventos promovidos pelo Crefito5 na cidade. “Os dois eventos foram muito interessantes. O bate papo, serviu como um alerta para lembrarmos que o assédio é sim um assunto que existe no dia a dia, embora não se fale muito. Já no sábado, foi um momento importante para lembrar algumas coisas que, com o passar do tempo, a gente acaba deixando de lado ou esquecendo”, afirmou.

A próxima cidade a receber a visita do Conselho é Carazinho, nos dias 3 e 4 de junho. Para conferir toda a agenda, clique aqui.