PISO SALARIAL: Crefito5 continua a trabalhar no projeto e solicita informações para a Casa Civil

dinheiro3

O presidente do Crefito5, Fernando Prati, enviou nesta sexta-feira (5), um ofício para o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio de Oliveira Branco, solicitando informações sobre o andamento do projeto referente ao Piso Salarial estadual para fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

“Estamos insistindo no projeto e queremos dar andamento nessa questão o quanto antes para que os fisioterapeutas e os terapeutas ocupacionais possam ter assegurado um piso salarial básico para o exercício da profissão”, afirmou o presidente.

Clique aqui para ler o ofício na íntegra.

Entenda o andamento do projeto

O Projeto de Lei proposto pelo Crefito5 foi apresentado inicialmente para a deputada estadual Any Ortiz. A deputada sugeriu que os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais fossem incluídos na Lei Estadual nº 14.653/14, que estabelece faixas salariais para diversas categorias. Para isso foi realizada em dezembro de 2015 uma reunião com o Secretário Estadual de Planejamento e Desenvolvimentoda época, Cristiano Tatsch. Após diversas mudanças no governo, a pauta foi encaminhada para a Casa Civil. Em setembro, o presidente do Crefito5 reuniu-se com o secretário-chefe da Casa Civil para discutir o assunto e em outubro protocolou a documentação solicitada para uma análise mais profunda do projeto pelos técnicos da Casa Civil.