Terapeuta Ocupacional cria botas para prevenção de lesões

BOTINHAS 2 005

Preocupada com o frequente aparecimento de úlceras por pressão no calcâneo nos pacientes internados no Hospital Cristo Redentor (HCR), a fisioterapeuta Guiomar Soares procurou a terapeuta ocupacional Jacinta Damo, para buscar uma solução em conjunto para o problema.

Jacinta trabalha no Ambulatório de Reabilitação do HCR e, a partir da preocupação apresentada pela fisioterapeuta, criou as botas para calcanhar que ajudam a evitar o aparecimento dessas úlceras. “Os pacientes acabavam criando grandes feridas nos pés, precisando ir para blocos cirúrgicos para procedimentos de emergência. Por isso buscamos uma alternativa que reduzisse o problema”, afirma a terapeuta ocupacional.

Após o teste de alguns produtos já existentes no mercado, ela identificou que muitos não apresentavam a eficácia necessária, além de serem frágeis e terem um alto custo para o hospital. A solução encontrada foi desenvolver um produto semelhante, com algumas adaptações nas dimensões, o que fez com que a bota se mostrasse eficiente para prevenção não só das lesões como também de outros possíveis problemas como o equinismo.

Utilizando espuma de colchão piramidal, agulha, linhas e ataduras, as botas são confeccionadas artesanalmente dentro do hospital pela terapeuta ocupacional e distribuídas para os mais diversos setores.

Os resultados desse trabalho já são notados dentro do hospital. Os registros de lesões de calcâneo diminuíram drasticamente e a procura pelas botas da Dra. Jacinta Damo aumentam a cada dia. “Às vezes são tantos pedidos que falta material para confeccionar mais botas”, conta.

Sobre o retorno que obtém com o trabalho desenvolvido, ela afirma estar feliz: “É muito bom quando vemos que algo que fazemos dá resultado e ajuda outras pessoas”, finaliza.